Cruzada pelas vocações

Queridos fiéis:

Nós lançamos uma Cruzada de oração pelas vocações sacerdotais e religiosas. Conto a vossa participação.

Por que esta Cruzada?

A Igreja perde cada ano milhões de sacerdotes. Na Tradição, mesmo se proporcionalmente temos mais vocações do que na Igreja conciliar, somos ainda demasiado poucos; é possível comprovar, nossos sacerdotes são pedidos no mundo inteiro.

Por que os sacerdotes são necessários?

A nossa sociedade está em plena decadência (violência, seitas, pornografia, suicídio, aids); o pecado mortal é estimulado, vulgarizado, legalizado (aborto, divórcio, concubinato, rapidamente a eutanásia).

Por que? Porque os homens já não conhecem a Deus nem a moral católica, ou não a conhecem mais que desfigurada e disfarçada de um vago humanismo.

Sem o estado de graça, sem os Sacramentos, sem a Santa Missa, poderia ser de outro modo?

Então, o que fazer?

Somente Deus pode tirar a sociedade, e por isso mesmo as vossas famílias, desta situação. É um combate espiritual que cada um de nós pode levar a cabo, seja ao nível individual, seja ao nível familiar:

  1. santificando-se pessoalmente
  2. pedindo a Deus que queira suscitar numerosas boas vocações; os sacerdotes são os intermediários entre Deus e os homens; os religiosos e religiosas são os pára-raios que protegem e santificam uma sociedade.

Em que consiste esta Cruzada?

Se desejam participar nela, comprometam-se a rezar cada dia durante um ano, pelo menos:

  • una dezena do Terço por esta intenção (pode ser una dezena do Terço diário)
  • juntem ao final das orações da manhã e da noite as invocações:

“Senhor, dai-nos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos santos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas”

“São Pio X, rogai por nós”

Este compromisso não obriga sob pena de pecado.

Queridos fiéis, espero a vossa participação massiva nesta Cruzada. Estou convencido de que, se este esforço se mantém, o número de entradas nos nossos Seminários e Noviciados provará rapidamente que Deus vos escutou.

In Christo et Maria.
Rickenbach, 16 de junho de 1992
Pe. Franz Schmidberger
Superior Geral