O Estado de Necessidade

Pe. Jean-Michel Gleize, FSSPX

Numa carta datada de 8 de julho de 1987, Dom Lefebvre escreveu ao cardeal Ratzinger: “Uma vontade permanente de aniquilamento da Tradição é uma vontade suicida que autoriza, por si mesma, os católicos verdadeiros e fiéis a tomar todas as iniciativas necessárias à sobrevivência e à salvação das almas”. E no dia das sagrações, 30 de junho de 1988, Dom Lefebvre repetiu essa constatação, apoiando-se nela para legitimar os argumentos em defesa das sagrações episcopais: “Estamos persuadidos de que ao fazer esta sagração, estamos obedecendo a um desígnio de Deus”.

Trabalho sobre O Estado de Necessidade.

Baixe em PDF clicando na imagem abaixo

enecessidade_gleize