Fotos das ordenações sacerdotais e diaconais em La Reja – 2017

Fonte: Seminário Nuestra Señora Corredentora

Foi uma grande alegria para o Seminário Nossa Senhora Corredentora ver a 11 de seus filhos receberem tanto o Sacerdócio como o Diaconato. Mas desta vez também se uniu a essa alegria o Mosteiro de Nossa Senhora da Bellaigue, pois a comunidade beneditina celebrou a ordenação do Padre Elias.

Os ordenandos foram especialmente confiados ao patrocínio da Imaculada Conceição por D. Tissier, pois ele celebrou por esta ocasião tão importante a Missa Votiva da Imaculada, devoção tão querida pelo nosso seminário.    

–  Ordenação para o Diaconado“Accédant qui ordinándi sunt ad Diaconátum” . Então foram à frente os 6 nomeados (4 da Argentina, 1 do México e 1 do Brasil): “Adsum” , e receberam do Bispo a admoestação para que considerem bem o cargo que haviam de receber. Logo se aproximaram também os ordenandos ao sacerdócio (3 do Brasil, 1 do México e 1 da Argentina e Irmão Elias – também brasileiro) e se prostraram todos para o cântico das litanias. Após o prefacio consagratório e a imposição das mãos, ele os vestiu com a estola e o dalmática e lhes entregou o Evangelho que, no momento apropriado, foi cantado pelo Diácono decano, começando assim a exercer sua sagrada função.

– Na metade do Tracto, começou a 1ª parte da Ordenação Sacerdotal, onde teve lugar a imposição das mãos do Bispo e de todos os sacerdotes presentes. Depois Monsenhor cantou o prefacio consagratório e impôs os ornamentos (estola e casula) e, finalmente, depois de invocar o Espírito Santo com o canto do Veni Creator , lhes ungiu as mãos e lhes entregou o Cálice com o com a hóstia como instrumentos próprios da função que lhe encomendava. 

Finalmente, terminada a Missa que os neo-sacerdotes concelebraram junto com o Bispo, sendo ajudados por seus padrinhos e havendo comungado, o Bispo entonou o “Jam non dicam (Já não os chamarei servos, senão amigos), e desatou a casula dos novos sacerdotes, significando assim o seu poder de desatar seus pecados.

A cerimônia foi concluída com o canto do Te Deum, eloqüente ação de graças que a Igreja reserva para os momentos mais especiais e depois, ao sinal, todos fizeram a genuflexão geral e começaram a procissão de partida. 

Benedicamus Domino, Deo Gratias!