Sobre o anúncio da canonização de João Paulo II e João XXIII

     Durante o consistório público reunido em 30 de setembro deste ano, o Papa Francisco manifestou sua intenção de proceder à canonização dos Papas João XXIII e João Paulo II. Tal anúncio não deixa de causar-nos um grande assombro e tristeza. De fato, não podemos esquecer-nos de que João XXIII convocou o Concílio Vaticano II, o qual iniciou e fomentou um pacifismo letal com o mundo. Quis ele desposar a Igreja com as ideias liberais condenadas por seus predecessores. João Paulo II, por sua vez, impôs o espírito e as decisões do Concílio na Igreja inteira. Realizou ações gravíssimas tais como a reunião de Assis e o beijo do Corão, pondo em perigo gravemente a fé.
     A fim de saber o que pensar das canonizações atuais e conhecer melhor os danos acarretados para a Igreja com o pontificado de João Paulo II, convido-vos a ler os dois artigos que apresentamos em seguida, os quais publicamos em nossa revista “Iesus Christus” nº 134 (da edição em espanhol), em março/abril de 2011.
Mais do que nunca é hora de rezar e fazer penitência pelo Papa e pela Igreja, para que Cristo Rei ponha um termo à paixão que a Igreja atravessa, e que a Tradição recobre seus direitos, para a honra divina e para o bem das almas.

Padre Christian Bouchacourt
Superior do Distrito

Santo Súbito, pelo R. P. Jean-Michel Gleize

– A quem devemos imitar? João Paulo II vs. Os santos,  pelo R. P. Jean-Michel Gomis